O ioiô

09/05/2017


O ioiô foi inventado há muito tempo, e nesta gravura acima, feita há mais de 400 anos A.C., na Grécia, aparece um garoto brincando com o que os pesquisadores acreditam que seja um ioiô. O ioiô foi retratado em inúmeras pinturas de diferentes épocas e culturas. Talvez pela simplicidade, ainda hoje são fabricados. Além disso, existem campeonatos de Ioiô, onde as habilidades dos competidores são colocadas à prova.


Fiz este pequeno ioiô com discos de madeira compensada, retirados com serra copo. O eixo foi feito com um pedaço de barra roscada de ferro e o conjunto todo colado com araldite. Os discos, dois de cada lado, foram recortados de um pedaço de madeira que media cerca de 10 x 15cm. O acabamento, para cobrir os furos dos discos, foi feito com discos cortados de um cabo de vassoura.

Existe um segredo importantíssimo na fabricação do ioiô. É a borda super lisa da parte interna dos discos do ioiô, e todas as rebarbas devem ser retiradas para evitar que o barbante enrosque e o ioiô desça e suba com menos atrito possível. Os pesos desiguais de cada lado do ioiô podem afetar o movimento de descida e subida em velocidade baixa, mas não em alta. É interessante que os pesos de cada lado do ioiô sejam mais próximo possível.